Saúde oral

O que mudou na minha vida desde que uso alinhadores invisíveis

Como partilhei convosco, foi em outubro que a minha aventura com os alinhadores invisíveis começou. Será que mudou muita coisa desde então? A resposta é sim, mudou. Mas será que foi para melhor ou para pior?

Nesta minha última ida à Clínica do Instituto ICMDS, a querida Marta Bigail (a grande responsável pela minha aventura nestas andanças dos alinhadores invisíveis) fez um comentário que reforçou o que eu já achava. Enquanto falávamos, reparou que o meu sorriso estava diferente, sobretudo os incisivos superiores, que estavam mais alinhados. De facto, ao comparar com fotografias antigas (e até mesmo com fotos mais recentes, com espaço de 1 a 2 meses), nota-se bem a diferença.

Dado que existe uma grande curiosidade acerca deste tema, sobretudo em termos de dor e eficácia, decidi trazer-vos uma lista com tudo o que mudou na minha vida desde que uso alinhadores invisíveis. Quanto aos resultados alcançados até agora, falar-vos-ei depois.

Comecei a sorrir com mais confiança

O facto de saber que estou a alinhar os meus dentes com o eAligner, que possui uma tecnologia discreta e confortável, deixa-me muito mais confiante e isso reflete-se, sem dúvida, na forma como sorrio. Agora sorrio com muita confiança e alegria!

A minha dicção melhorou

Pode não parecer, mas o facto de alinhar os dentes ajuda (e muito) a resolver muitos problemas. Um deles está relacionado com a dicção. Agora falo com mais clareza e as pessoas tendem a perceber melhor tudo aquilo que digo do que antes. Aliás, eu quando fui ao “Conversa de Mulheres”, na Kuriakos TV, estava com os alinhadores colocados, algo que surpreendeu toda a gente, dado que não se notou nenhum problema em falar rapidamente e com clareza!

Os meus lábios ficaram mais carnudos e definidos

Como assim mais carnudos? É verdade, só dei fé da “pancada” quando a Dra. Rita Baratela Thurler me mostrou algumas das primeiras fotografias tiradas. O facto de estar a alinhar os meus dentes fez com que os meus lábios ficassem mais definidos e carnudos, sobretudo os inferiores. Se antes parecia ter lábios bastante fininhos, agora isso já não é verificável. Aliás, a fotografia acima, onde a Lisa me está a dar um bom beijinho de aniversário, dá para notar bem o formato dos lábios. Resultado? Sorriso mais definido e aberto!

As minhas gengivas passaram a ser mais saudáveis

Na fotografia acima é possível verificar a diferença entre o primeiro mês de alinhador e o terceiro (janeiro), mas não é só em termos de alinhamento dos dentes e da posição da língua. Pode-se também verificar que as minhas gengivas estão menos avermelhadas (gengivite). Isso se deveu também pelos hábitos de higiene mais regulares e fáceis, dado que o apinhamento dos dentes passou a ser menos acentuado. Deste modo, higienizar os dentes e passar o fio dental passou a ser muito mais fácil e agradável, contribuindo para ter umas gengivas mais saudáveis.

Os meus hábitos de higiene oral melhoraram

Uma das primeiras coisas que me disseram quando iniciei o tratamento foi que “50% do tratamento depende do alinhador, mas os outros 50% dependem do paciente. Usar os alinhadores entre 20 a 22 horas diárias é imprescindível para obter os resultados pretendidos”.

Embora não costume comer muitas vezes fora de casa, o facto de estar a alinhar os dentes fez com que eu passasse a ter mais cuidado com a minha higiene oral. Porquê? Porque para usar os alinhadores é necessário higienizar os dentes após cada refeição. Assim, a escovinha e a pasta de dentes em tamanho viagem começaram a fazer parte da minha necessaire, a par do porta alinhadores que é super giro.

Os meus dentes ficaram mais alinhados

Esta é um pouco óbvia, não é? A verdade é que os alinhadores estão mesmo a funcionar! Quando iniciei o processo confesso que já ia um bocadinho elucidada sobre o que poderiam ser os resultados com alinhadores, dado que já tinha visto outras bloggers e influenciadoras estrangeiras a usar este sistema de alinhamento dos dentes. Mas uma coisa é ver nos outros, outra totalmente diferente é vermos os resultados em nós!

A fotografia acima não mente. Elas estão espaçadas por 5 anos, mas dá para ver perfeitamente a diferença abismal na posição dos dentes e lábios! A primeira foi tirada em dezembro de 2013, enquanto a segunda foi tirada em dezembro de 2018, quando coloquei o meu quatro alinhador.

Onde e como posso começar a transformar o meu sorriso?

No próximo post vou mostrar-vos a minha evolução mais técnica e detalhada. Entretanto, podem seguir todas as novidades, consultar preços e soluções de ortodontia disponíveis na Clínica do Instituto ICMDS. Existem diversas opções com um leque de preços bastante apelativos! Ou então, tornem-se pacientes nos diversos cursos do instituto. Saibam mais aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *