Lifestyle

Como montar o seu próprio negócio

Seja por questões relacionadas com o desemprego ou para simplesmente seguir um sonho, muitas são as pessoas que ambicionam um dia montar o seu próprio negócio, contudo, grande parte desses aspirantes a empresários acabam por desistir da ideia por inúmeros motivos, entre os quais se destaca a falta de conhecimentos básicos para arrancar com o projeto e consequente manutenção ao longo da sua existência. Assim, ler frases motivacionais poderá ser uma excelente ajuda para aguentar o ritmo e manter o desejo de ser patrão.

 Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

Embora muitas pessoas ambicionem serem os seus próprios patrões, poucas são as que efetivamente seguem em frente e arriscam tudo com o objetivo de concretizar esse desejo. A par da falta de conhecimentos básicos de como iniciar um negócio, existe o medo de falhar, que muitas vezes acaba atrapalhando a vida útil do projeto. Por isso, é necessário, antes de mais, começar por planejar a sua futura empresa. Mas, ainda nesta fase, é importante, em primeiro lugar, pensar num tipo de comércio que se adeque à realidade de uma determinada cidade. Engane-se se pensa que tem que ser inovador, pois em grande parte dos casos, os planos de negócios “tradicionais” (padarias, lojas de roupa, etc) são os mais rentáveis quando inseridos em localidades ou regiões em que não existam esses comércios.

Se está à procura de ser o seu próprio patrão, tenha por perto as suas frases motivacionais preferidas (são um excelente auxiliar no processo de criação de uma empresa, já que dão “força extra” para seguir em frente), tenha em atenção os seguintes pontos e ponha em prática tudo o que vai aprender neste artigo.

Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

E-commerce, uma alternativa às lojas de rua

Além dos negócios tradicionais de rua, atualmente, e graças à evolução da tecnologia, existem os chamados e-commerce, que se realizam à distância, através da Internet, onde os clientes têm uma autêntica montra virtual de todos os produtos comercializados (é ideal, por exemplo, para criar uma loja de roupa ou de cosméticos). A par da redução dos custos de manter este negócio (não existe aluguer do espaço físico para pagar, salários, entre outros encargos), está cada vez mais na moda e é cada vez mais procurado não só pelo público nacional como também pelo internacional (um claro efeito da globalização). Por isso, pondere em criar sua loja virtual recorrendo a templates já existentes – é uma excelente opção se deseja iniciar um comércio a baixo custo e com grande possibilidade de retorno financeiro.

Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

Do papel para a realidade

Depois de planejado o negócio, é importante passar à prática. No caso dos negócios tradicionais de rua, é fundamental que a sua localização seja a principal prioridade, isto é, é necessário encontrar o espaço mais bem situado da cidade para garantir que o projeto terá futuro. Quanto mais movimentada for a rua onde está inserida sua loja, mais chances de atrair clientes terá. Mas não se esqueça: defina sempre um orçamento e veja até onde pode ir dentro dele. Tem que conseguir ter alguma disciplina e determinação para conseguir equilibrar as contas do seu plano financeiro com os seus desejos enquanto empresário(a).

Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

Logótipo

Num projeto profissional, é muito importante ter uma boa imagem. Ter um nome sonante e de fácil memorização é imprescindível para o sucesso de todo o plano, contudo, uma boa marca deve ser igualmente valorizada. Nesse sentido, criar um logótipo atrativo e sofisticado é meio caminho andado para o sucesso. Se não se sente à vontade na área criativa, fique sabendo que criar um logótipo personalizado grátis já é possível através de aplicações que possuem processos de criação simples e de acordo com o resultado pretendido.

Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

Publicidade

Assim que tiver o seu negócio pronto a abrir, deverá pensar em maneiras de o conseguir publicitar e chegar ao seu público-alvo. Tal como noutros pontos desta aventura, deve ter em conta o seu orçamento financeiro e definir um valor para investir em publicidade nos meios onde acha que poderá chegar a quem pretende chegar. Por exemplo, se pretende divulgar o seu e-commerce junto de uma camada jovem e atual, deverá publicitar a sua loja em meios digitais como blogs ou redes sociais – poderá, inclusive, criar perfis nas redes sociais com vista a promover a sua marca e os seus produtos ou serviços, além de manter uma ligação mais próxima com os seus clientes.

Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

Cartões de visita

Embora não seja algo muito comum, os cartões de visita são uma ferramenta muito útil quando se fala no mundo de negócios. Disponibilizar dados como nome e endereço do estabelecimento, endereço telefónico e eletrónico da empresa num só local é uma forma de mostrar aos seus clientes o seu projeto de forma profissional. Sobretudo na área da moda e cosmética, onde existem anualmente e a nível mundial feiras com estas temáticas e que são autênticas formas de conseguir novos contatos empresariais, ter um cartão de visita com todos os dados mencionados anteriormente é uma mais-valia e simplifica muito mais os contatos futuros entre você e os seus potenciais parceiros de negócio ou clientes.

Criar um modelo de cartão de visita é, também, bastante fácil nos dias que correm. Basta procurar uma boa aplicação virtual ou um programa gratuito e começar a criar o documento que lhe permitirá expor todos os contatos do seu negócio. Opte sempre por um modelo discreto, simples e de acordo com o seu negócio. Verá que causará impato!

Como montar o seu próprio negócio (Fonte: Pixabay)

Depois destas ferramentas e peças importantes num projeto profissional, é necessário conseguir dinheiro para conseguir transpor para a realidade o que tem delineado na sua cabeça. Poderá optar por um negócio que exija pouco investimento ou, então, procurar um parceiro de negócios – mas atenção, escolha bem a pessoa com quem quer partilhar o projeto, para evitar problemas no futuro e/ou má gestão dos recursos financeiros da empresa.

 

No final de contas, é importante manter o seu foco para que o seu negócio próprio seja duradouro e lucrativo, assim como aprofundar seus conhecimentos ao longo da jornada e possuir disciplina para gerir todos seus bens adquiridos enquanto empresário.

2 thoughts on “Como montar o seu próprio negócio”

  1. Eu já não posso com estas coisas à minha frente xD Ando a fazer um trabalho para Gestão em Saúde que é montar um negócio e já ando com gestão pela ponta dos cabelos! Ainda por cima o grupo também não ajuda, não é? … Enfim!

  2. Depois de muitos anos de indecisão, estou finalmente a planear largar tudo e viver apenas com o meu negócio, já montado com alguma timidez 😉 
    Porém, devido a problemas de saúde tenho de ir com calma. Mas uma vez isso ultrapassado, ninguém me pára!!! Eheh

    Beijinhos, 
    Rita Completo, consultora de imagem 
    <a href=”//www.ritacompleto-consultoria-imagem.com/”>www.ritacompleto-consultoria-imagem.com/</a>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *