Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

A história das drag queens no Carnaval (e não só)

Embora em Torres Vedras e nas Ilhas Canárias seja tradição vestir-se de "matrafona", a verdade é que as drag queens existem durante todo o ano.

 

Os transformistas que se vestem de mulher fazem-no, na sua maioria, de forma artística, embora muitos optem a altura do Carnaval para o fazer de forma divertida e cómica.

A história das drag queens no Carnaval (e não só) | Moda & Style

Num patamar mais amador ou "desportivo", muitos optam por comprar um simples disfarce de drag queen. No lado oposto, isto é, quem faz disto profissão, existe todo um processo que poderá envolver muitas horas entre vestir e caracterizar a personagem.

 

Lembrei-me deste tópico enquanto via as fotografias dos desfiles do Carnaval de Torres Vedras e também quando me deparei com a categoria drag queen n’A Casa do Carnaval. Desse modo, achei pertinente abordar a temática.

A história das drag queens no Carnaval (e não só) | Moda & Style

Fundo histórico

O termo surgiu na sequência de um conjunto de gírias britânicas que eram populares em algumas comunidades gays no século XX. O termo drag queen para se referir a atores masculinos vestidos com roupas femininas surgiu em 1870. Drag é o acrónimo de "Dressed Resembling A Girl", que em português equivale à expressão "vestido como uma mulher".

 

O termo é muitas vezes usado para caracterizar pessoas que se querem fazer passar por mulheres, embora não esteja correto, pois nem todos os artistas o querem fazer, que é criar uma identidade feminina própria e distintiva das restantes.

A história das drag queens no Carnaval (e não só) | Moda & Style

 

A história as drag queens no Carnaval (e não só) | Moda & Style

A arte das drag queen

Tal como foi referido anteriormente, uma drag queen poderá levar horas até conseguir obter o resultado final da personagem. Desde a maquilhagem aos cabelos, passando ainda pela indumentária e acessórios, tudo é pensado ao pormenor para que passe a mensagem e a impressão correta para o público. Normalmente, as suas produções são exageradas e vistosas, o que os distingue das restantes mulheres.

 

As drag queens atuam, na sua maioria, em bares e clubes onde se realizam drag shows. Enquanto muitas o fazem por gosto, outras fazem-nos por dinheiro, sendo, em alguns casos, a sua profissão. Assim, animam não só os drag shows como também algumas festas temáticas, casamentos e até festas de Carnaval.

A história das drag queens no Carnaval (e não só) | Moda & Style

A história das drag queens no Carnaval (e não só) | Moda & Style

Disfarces de Carnaval

No Carnaval, é comum ver muitos homens mascarados de mulheres, sobretudo em determinadas zonas. No caso de Portugal, em Torres Vedras é muito comum isso acontecer, existindo, inclusive, desfiles dedicados ao que se chama de "matrafonas". Mas existem outros pontos no globo que o fazem. Por exemplo, nas Ilhas Canárias, em Espanha, é costume haver uma gala de drag queens.

 

Seja de drag queen ou de outra coisa qualquer, nada melhor do que visitar A Casa do Carnaval para ter ideias para futuras festas temáticas. Além de encontrar produtos com qualidade a preços baixos, tem a garantia de que está a comprar produtos que cumprem com os requisitos de segurança da União Europeia, algo verificável através dos selos que estão presentes nos disfarces.

 

E porque não podia terminar este artigo sem partilhar uma surpresa... Soube que a loja decidiu promover um passatempo imperdível na sua página no Facebook. Para saber mais detalhes e informações desta iniciativa, nada melhor do que consultar esta página.

1 comentário

Comentar post