Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Gel de redução de poros Baby Skin da Maybelline

Devido ao regresso à rotina, a necessidade de usar produtos que controlem a oleosidade natural da pele e que reduzam os poros aumenta.

 

Foi a pensar no meu regresso às aulas que, há uns meses, decidi encomendar na Fapex um redutor de poros. Dos produtos disponibilizados na loja, de diferentes marcas e preços, a minha escolha recaiu no Baby Skin Instant Pore Eraser da Maybelline. Após estes meses de teste, hoje trago a minha opinião.

De acordo com as promessas da marca em relação a este produto, este primer tem como objetivo reduzir o brilho e os poros, deixando a pele com um aspeto liso e livre de imperfeições para aplicar ou não maquilhagem a seguir.

 

À primeira vista, confesso que o que me despertou a atenção foi o preço, que na altura era de 7,90€ (neste momento, está no site da Fapex a 6,19€). Além disso, o facto da marca já ser reconhecida e de várias bloggers internacionais já terem usado este primer foram dois fatores que pesaram bastante na minha decisão.

 

Em termos da embalagem e do aspeto funcional da mesma, o facto de ser num tubo dificulta a dosagem do produto, porém, é mais fácil usar o primer na sua totalidade, já que basta abrir com uma tesoura o tubo para ter acesso ao seu conteúdo. Relativamente às cores e design, a conjugação de cores é extretamente interessante e a mistura de letras e cores funcionam, no geral, bastante bem.

Quanto ao produto, a sua textura é uma espécie de gel suave, incolor e sem cheiro, que deixa a pele com um toque de pêssego, isto é, lisa e suave, estando, assim, indicado para peles sensíveis ou para pessoas que não gostem de produtos com cheiros fortes.

 

No que diz respeito à eficácia do produto, a minha opinião divide-se. Se por um lado deixa a pele com toque seco, suave e macio, sinto que não cobre na totalidade os meus poros dilatados. Aliás, eu acho que só “disfarça” e não deixa o aspeto que esperava que deixasse, ou seja, não deixa a pele sem os poros visíveis. Contudo, admito que este produto ajuda a potenciar a base, sobretudo se for de baixa a média cobertura, deixando a pele com um melhor aspeto do que se não se usasse primer.

 

No geral, diria que este primer é mais adequado para potenciar os efeitos dos produtos seguintes e não para usar sozinho, uma vez que não deixa a pele totalmente lisa e livre de imperfeições.