Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Como perder gordura abdominal em 6 passos

Manter a barriga em forma é a maior preocupação dos homens e das mulheres, não só em termos de saúde como também de autoestima. Para ajudar nessa tarefa, não pode deixar de ler o artigo de hoje!

 

Saiba quais são as seis principais dicas para manter a barriga em forma:

1. Exercício em rajadas

Para queimar gordura da barriga não precisa treinar para uma maratona ou passar horas e horas no elíptico. Acontece que, se está a tentar nivelar o estômago, os especialistas dizem que o método mais eficaz é o treino do intervalo.

 

O intervalo de formação incorpora períodos intensos de trabalho, com segmentos curtos de recuperação para aumentar a intensidade e minimizar o tempo de recuperação.

 

Se é corredor, isso significa correr por alguns minutos e, em seguida, desacelerar para uma corrida com um curto período de recuperação antes de correr novamente.

 

Pode aplicar este método para o que costuma fazer no ginásio. Intervalo de formação é grande porque não só proporciona um treino duro mas curto, como vai manter a queima de calorias até 16 horas pós-exercício, que é difícil de bater.

 

2. Ignorar doces

Se tem peso extra, alimentos açucarados e com massas brancas em excesso devem ser evitados.

 

Quando come uma grande quantidade de açúcar refinado, o fígado fica inundado com frutose e será forçado a transformá-lo em gordura.

 

3. Conseguir dormir

Pode parecer contra intuitivo no início, mas o sono é uma das melhores coisas que pode fazer para moldar seu corpo e atingir os seus objetivos.

 

Acontece que quando está cansado, o seu corpo produz mais grelina, que provoca ânsias de açúcar e outros alimentos de construção de gordura. Ora se o corpo não receber o descanso reparador, a sua produção hormonal poderá mudar, o que terá impacto sobre os seus níveis de cortisol e levar a sensibilidade à insulina, uma das principais causas da gordura da barriga.

 

4. Beber inteligentemente

Quando se livrar dessas bebidas açucaradas, deve substitui-las por água fria e chá verde, pois ambas ajudam o seu corpo a queimar gordura. A água fria, por exemplo, aumenta a taxa metabólica do seu corpo, o que leva a queimar mais calorias. Já o chá verde contém vários compostos, incluindo a cafeína e o  polifenóis, compostos capazes de acelerar o metabolismo.

 

Espremer um meio limão e juntar à água fria para impulsionar o sistema imunológico e para ajudar o seu corpo a expulsar quaisquer materiais indesejados ou toxinas é, igualmente, uma boa opção.

5. Minimizar o stress

Acontece que, devido ao stress, ao longo do tempo de resposta do organismo, a insulina diminui com a exposição regular ao cortisol.

 

Quando se sentir stressado, mude o ritmo da respiração ao abrandar as suas inspirações e expirações para se manter mais calmo.

 

6. Comer corretamente

Existem algumas coisas que pode comer para ajudar a reduzir a gordura da barriga. Comece por adicionar mais proteína à sua dieta, ou seja, carnes brancas e derivados, sem gordura e sem muito sal.

 

A proteína ajuda a reduzir a ansiedade e, em alguns estudos, o consumo de proteína está diretamente ligado à gordura reduzida na barriga.

 

Reduza a ingestão diária de carboidratos (pão, batatas, massas, arroz) e coma mais fibras (alimentos integrais, vegetais, sementes).

 

A Dieta Detox ajuda a diminuir a barriga?

Segundo o Plano Detox Rosi Feliciano, a resposta é sim.

 

A dieta é feita com alimentos naturais, de baixas calorias, que ajudam a eliminar o inchaço e a gordura. O resultado é o emagrecimento rápido e uma barriga menor.

 

A dieta de desintoxicação foi desenvolvida para limpar o corpo de toxinas. Fazendo isso de forma saudável e eficaz, o organismo começa a trabalhar melhor e, com isso, o corpo passa a queimar mais gordura e calorias do que antes. 

 Texto de Rosi Feliciano

Máscara de chocolate da Kallos

Todas as mulheres sonham em ter um cabelo perfeito, cheio de brilho e com aspeto saudável. Mas, por falta de conhecimento ou de pesquisa dos produtos adequados, nem sempre conseguem alcançar esse objetivo.

 

Ao longo da minha curta vida, estou em condições de afirmar que já experimentei mais de dezenas de máscaras capilares. Sim, é verdade, mais de dez! Porquê? Simples: o facto de eu ter cabelos encaracolados e naturalmente secos faz com que este tipo de produtos sejam os meus maiores aliados quando se fala em hidratar e nutrir os meus fios.

 

Depois de ter experimentado uma panóplia de máscara, incluindo de supermercado, decidi colocar a minha curiosidade em prática e encomendei uma máscara da Kallos, à venda na Fapex, visto existirem tantas pessoas a elogiar os produtos da marca.  

O principal atrativo foi o preço desta máscara. Por 275ml paguei 1,90€, o que é uma raridade nos dias de hoje, visto que um produto idêntico e com a mesma quantidade é muito mais caro (atrevo-me a dizer que custa mais de 4€, mas corrijam-me se estou errada). Já a versão de 1000ml (1 litro) custa 4,19€.

 

Além do preço e da quantidade, o aroma deixou-me curiosa. Visto que sou uma amante assumida de chocolate, as minhas expectativas ficaram logo mais elevadas, pelo menos em relação ao aroma. Mas, e tal como esperava, foram correspondidas, pois o aroma não parece ser artificial e mantém-se durante algum tempo no cabelo.

 

Embora existam outro tipo de máscaras da marca à venda na loja online da Fapex (com queratina, ómega-6, etc), achei que esta que adquiri era a melhor para conhecer melhor a marca que tem tudo para satisfazer muitas pessoas (nomeadamente o preço).

 

Apesar de não ser a minha máscara favorita (esse título ainda pertence à Matrix Total Results Miracle Morpher Slim Down), tenho de reconhecer que este produto hidrata bem e deixa o cabelo com toque suave, ou seja, visivelmente mais hidratado e com mais brilho. Contudo, em termos de definição dos cachos, embora não seja uma das suas funções, não sinto que esta máscara ajude alguma coisa nesse sentido (nesse aspeto, a da Matrix vence).

Vestir para impressionar #1 | Entrevista de emprego

Olá queridas leitoras do Moda & Style.

 

O meu nome é Rita Completo e sou consultora de imagem. Algumas de vocês já me conhecem do post que a querida Joana me dedicou (aqui) e do passatempo que fizemos juntas.

 

Nos dias de hoje, a imagem tem um papel essencial e fundamental na nossa vida, sendo considerado o nosso cartão-de-visita em todas as situações, quer pessoais, quer profissionais, já para não falar do papel importante que a imagem tem na construção da nossa autoestima!

 

Ciente desta situação, eu e a Joana resolvemos criar uma rubrica mensal, onde dou sugestões simples e práticas de looks para várias ocasiões: Vestir para impressionar.

 

O primeiro post será como construir uma imagem equilibrada e adequada a uma entrevista de emprego.

Numa situação destas, a imagem é tão ou mais importante do que o saber. A imagem é uma forma de comunicação poderosa e convém que transmita a mensagem correta.

 

Mesmo sendo boas profissionais, com muita experiência e totalmente aptas ao cargo a que se candidatam, se a vossa imagem não transparecer essa competência, profissionalismo e confiança, podem não ser selecionadas.

 

Para que isso não aconteça, deixo-vos aqui algumas dicas bem simples e algumas sugestões de looks apropriados para usarem numa entrevista de emprego.

 

1. Entrevista de emprego - boas apostas:

  • Se a empresa/função for algo de cariz formal, por exemplo, para um lugar de direcção, optem por cores neutras e cortes formais. Podem sempre dar um toque da vossa personalidade com um acessório menos visível durante a entrevista, como por exemplo, a mala, mas sempre optando por algo discreto. A bijuteria deve ser pouca e de aspecto mais clássico;
  • Se a empresa/função for algo de caráter semi-formal, por exemplo, para um banco ou escritório, optem por cores que transmitem sobriedade e profissionalismo, tal como o azul ou verde, e misturem com cores neutras. Podem também acrescentar algum pormenor interessante, como por exemplo, uns sapatos com estampado discreto;
  • Se e empresa/função estiver relacionada com a criatividade, por exemplo na área do marketing ou design, podem escolher uma peça ou um pormenor com uma cor que transmita criatividade e um pouco de divertimento (q.b), como por exemplo, o amarelo ou cor de laranja. Os acessórios poderão ser menos formais, mas tudo sem exageros. O look final tem de, acima de tudo, transmitir profissionalismo.

 

2. Entrevista de emprego - evitar:

  • Decotes pronunciados (nunca abaixo da linha das axilas);
  • Bijuteria muito colorida ou barulhenta (vai distrair e pode mesmo irritar o entrevistador);
  • Saia muito curta (tamanho pelo joelho é o indicado);
  • Roupa interior visível ou perceptível por baixo da roupa;
  • Roupa transparente ou muito justa;
  • Peças de roupa rasgadas (está na moda, mas não é profissional, seja em que emprego for);
  • Peças desportivas ou muito casuais (por exemplo, jeans, leggings, ténis, chinelos e sandálias muito abertas);
  • Óculos de sol na cabeça;
  • Roupa com aspeto já muito usado e gasto;
  • Sandálias abertas;
  • Malas e sapatos que não sejam de pele (ou imitação com boa aparência).

Eu e a Joana queremos ouvir as vossas opiniões ;)

 

Beijinhos grandes,

Rita Completo - Consultora de Imagem

Tendências outono/inverno 16/17: cores

À semelhança do que acontece há muitos anos, a Pantone avança quais são as cores que vão estar em voga nas diferentes estações do ano, tendo como base as coleções dos estilistas e as opiniões de vários influenciadores.

 

Este ano não é exceção e, por isso, decidi começar a desvendar algumas das tendências da próxima estação que, apesar de parecer longe, não está - daqui a pouco mais de um mês, já seremos obrigados a tirar os casacos dos guarda-roupas.

Regida pela força, tranquilidade e otimismo, a paleta de cores da próxima estação tem como grandes protagonistas os tons pertencentes à família dos azuis. Mas, a par deles, existem os clássicos tons terrosos e tantas outras cores que são características do outono.

 

Enquanto os azuis (Riverside e Airy Blue) transmitem serenidade, o cinzento (Sharkskin) dá uma sensação de estabilidade, o vermelho (Aurora Red) convida ao calor e, por fim, o Spicy Mustard e o Bodacious dão um toque exótico a qualquer look.

Maquilhagem de verão

No verão, além das roupas encurtarem e das idas à praia ou à piscina serem mais frequentes, a maquilhagem fica mais suave e leve.

 

Além da sensação descontraída natural das férias, usar maquilhagem mais leve e recorrendo a poucos produtos é quase que uma necessidade, visto que as temperaturas altas acabam por, em muitos casos, "derreter" a maquilhagem aplicada, causando uma enorme frustração e incómodo.

Para saber mais informações sobre os produtos, clique nas imagens acima

 

Nestes dias mais quentes, gosto sempre de uniformizar a minha tez. Para tal, gosto de usar um CC Cream, mais concretamente o do O Boticário, que oferece uma cobertura média mas sem deixar a pele pegajosa. Depois, e dependendo do estado da minha pele, gosto de corrigir as borbulhas, mas quando não as tenho, dispenso o uso de corretor.

 

Para selar a maquilhagem e tirar possíveis brilhos da pele, gosto de usar um pó translúcido, pois assim sei que fico com a pele com aspeto mate e que o trabalho anteriormente feito não vai pelo cano abaixo.

 

Por fim, e para dar alguma definição e cor, gosto de usar máscara de pestanas para as deixar volumosas, aplicar blush e um batom vibrante, mesmo à verão. Além disso, certifico-me que a minha manicura está impecável: as cores alegres e os sticks de unhas são os meus maiores aliados.

 

Como é a vossa maquilhagem de verão?

Menu detox da Drink6

Adotar um estilo de vida saudável é cada vez mais importante, algo que, felizmente, as pessoas já começam a ficar consciencializadas.

 

Seguindo a minha linha de vida saudável (vá, ainda estou em construção), decidi hoje trazer uma review que há muito queria trazer. Falo da review ao menu detox da Drink6, que foi lançado este ano.

O menu que experimentei foi o de 2 dias, sendo ele composto por:

  • 4 cremes de legumes: 2 de cenoura e 2 de ervilhas com hortelã;
  • 4 pratos preparados: 2 jardineiras de legumes da época e 2 de arroz com legumes;
  • 1 litro de leite de arroz vegetal e ecológico;
  • 50 gramas de sementes de chia;
  • 200 gramas de granola;
  • 4 bolachas vegan;
  • 4 infusões detox;
  • 4 sumos Mini Drink6 de 250 ml: cenoura, laranja e gengibre, e morango, framboesa, amora e banana.

Embora já tenha experimentado a versão líquida e a versão com cremes, posso dizer que este menu completa na perfeição os anteriores planos, aliás, esta é a sua função. Primeiro deve-se seguir este menu, durante 2 dias, e só depois iniciar o plano detox propriamente dito, com a opção dos sumos ou sumos + cremes. Depois do período detox acabar, deve-se tornar a fazer este menu, para que se possa aliviar a carga intestinal.

 

Para quem não está habituado a ingerir tantos líquidos na dieta, iniciar o primeiro detox com a ajuda deste menu é espetacular, isto porque contém alimentos sólidos que ajudam a saciar e a eliminar a sensação de querer mastigar comida (que é muito comum surgir quando não se está habituado). O melhor é que os alimentos fornecidos são todos a pensar nas diferentes etapas do dia, o que ajuda bastante, incluindo quando se tem de estar fora de casa, e possuem os nutrientes e a energia suficientes para não haver fome entre refeições.

 

Relativamente aos sabores, posso garantir que tudo é delicioso (incluindo as bolachas, que são as minhas favoritas!), mas, sem dúvida, que as refeições principais (arroz de legumes e jardineira de legumes) são os meus produtos favoritos do menu, visto serem deliciosos e bastante leves para o calor que se faz sentir.

A elegância dos bodies

Os bodies têm invadido as lojas e os armários das fashion victims, tudo porque são elegantes e sexy, tornando-se ideais para todas as ocasiões.

 

Embora eu não tenha nenhum no meu armário (ainda não encontrei "o" tal à minha medida), adoro ver looks com esta peça, sobretudo se for para ser usado numa ocasião especial ou numa saída noturna.

 

Na Zaful.com, encontrei algumas peças que me fizeram soltar logo um suspiro. Bonitos e acessíveis, os bodies que a loja disponibiliza online são, simplesmente, de encantar e de deixar qualquer mulher louca (pelo menos falo por mim!).

Here

Here

Here

Here 

Here

Como em todos os tipos de peças, existem inúmeros modelos e tecidos aplicados nos bodies. Os materiais mais usados são a lycra, o tule e a renda, mas também existem modelos feitos de algodão ou de cetim.

 

A nível de decotes, os mais populares são os que têm decotes pronunciados na parte da frente, embora existam versões com decotes profundos nas costas. Num caso ou noutro, as ocasiões mais adequadas para os usar são, sem dúvida, em festas e nas saídas noturnas, por serem provocantes e sexy. Aqui, as rendas, o tule, as transparências e as lantejoulas são as melhores apostas a fazer.

 

Para o dia-a-dia, os modelos mais compostos e com decotes pouco pronunciados são os melhores. Nestes casos, o material mais usado é o algodão, um tecido confortável e que quase todos o elegem como sendo o melhor material para usar em peças que estejam em contacto direto com a pele.

 

Combinar esta peça é muito fácil. Desde calções a calças, passando ainda pelas saias, os bodies conseguem adaptar-se a qualquer peça, desde que, lá está, haja um equilíbrio entre o tronco e a parte inferior, dependendo também da ocasião e do tipo de corpo de cada mulher.