Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Tiras para a limpeza dos poros da Cettua

Conforme já tinha partilhado aqui pelo blog, os pontos negros nunca foram um pesadelo para mim, uma vez que poucas vezes tive de atuar contra esse "mal". Porém, e para evitar o seu reaparecimento, comecei a ter uma rotina de pele mais assídua, usando produtos para a limpeza dos poros.

 

Após ter usado umas tiras para a limpeza dos poros que adorei, de marca branca, decidi testar uma marca coreana, mais concretamente a Cettua, que produz inúmeros produtos relacionados com os cuidados de rosto, nomeadamente máscaras e tiras para a limpeza dos poros, e alguns aliados para o cuidado das mãos e das pernas, duas partes do corpo que também não devem ser descuradas.

 

Então, o que faço para evitar que os pontos negros apareçam? Além de esfoliar, tonificar, hidratar e remover a maquilhagem da minha pele de forma diária, eu uso, uma vez a cada quinze dias, as bandas de limpeza para os poros da Cettua, que tenho andado a usar e sobre as quais vou falar hoje, visto já ter uma opinião bem formada acerca do produto.

Para começar, a embalagem de cartão e as embalagens das tiras são bastante atrativas, uma vez que a ilustração feita e as cores escolhidas chamam a atenção de quem tenciona comprar. Além disso, é possível encontrar as indicações de uso no verso, tudo em inglês, o que facilita (e muito!) a tarefa.

 

Quanto à sua eficácia, estas tiras cumprem com o que prometem, que é, claramente, limpar os poros da zona T (queixo, nariz e testa). Para tal, basta humedecer as zonas a aplicar as bandas, aplicá-las e deixar que estas sequem. De seguida, basta puxar e sai a "sujidade" toda dos poros. Mas a melhor parte é que estas tiras não têm um cheiro incomodativo como a maioria destes produtos tem.

 

Relativamente à relação qualidade-preço, por doze tiras (seis para o nariz e outras seis para o queixo e testa) paga-se 4,90€ na Fapex. Contas feitas, cada banda custa perto de 0,41€, o que eu até considero acessível, visto que existem marcas que vendem embalagens mais caras com menos bandas.