Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda dos Anos 20

Esta vontade de fazer este post surgiu, visto que já tinha realizado um trabalho do género para a disciplina de História (já a algum tempo) e visto que o estilo dos anos 20 estará em alta na próxima estação, decidi realizar este post com o maior dos agrados e dar-vos a conhecer a Moda daquela altura.

 

Emancipação feminina

As consequências desastrosas da I Guerra Mundial provocaram profundas transformações económicas e sociais na Europa, no quotidiano da população.

O medo, as dificuldades e os horrores vividos neste período tão trágico da história Mundial, trouxe à população uma enorme vontade de aproveitar e gozar a vida, daí dado o nome «Loucos Anos 20» a este período da história.

 

A emancipação feminina foi sem dúvida a mais significativa transformação do pós-guerra, no que diz respeito à condição da mulher. Estando obrigadas a ocupar o lugar dos homens, visto que os mesmos tinham partido para a guerra, levou a que muitos postos de trabalho, passassem a ser ocupados por mulheres.

Ao tomarem consciência que tinham importância nas funções exercidas na sociedade, incrementaram a luta pelo direito à igualdade política, económica e social, intensificando a emancipação feminina.

 

Recordar quem merece ser recordado...

Carolina Beatriz Ângelo, médica e feminista da Guarda, foi a primeira mulher a votar em Portugal nas eleições de 1911.

O facto de ser viúva permitiu-lhe invocar em tribunal de ser "chefe de família". Por forma a evitar que tal exemplo pudesse ser repetido, a lei foi alterada no ano seguinte, com a especificação de que apenas os chefes de família do sexo masculino poderiam votar.

 

Evolução na Lingerie

Foi nesta altura que surgiu Symington Side Lacer (o actual corset ou corpete), os primeiros soutiens da época. Em 1907 Mary Tucek sentiu que faltava algo para sustentar o peito da mulher, fazendo alguns esboços. Algum tempo depois, os seus esboços ganharam fama quando foram parar à revista Vogue. Desde então, o soutien tem evoluído, de acordo com as novas tecnologias. 

A numeração nos soutiens surgiu graças a Ida Rosenthal, uma emigrante Russa nos Estados Unidos da América.

 

 

 

Vestuário Feminino

—Gloria Swanson, Mary Pickford e Josephine Baker eram algumas estrelas de cinema que inspiravam a moda daquela época, sendo fashion icons para muitas mulheres.
—Jean Patou e Coco Chanel foram dois estilistas que se destacaram pelas suas criações nesta época.
 
No vestuário feminino começaram-se a ver saias mais curtas, braços à mostra, collants beges (para dar um efeito de pernas nuas), vestidos curtos, leves e elegantes, normalmente fabricados em seda e ainda também, as calças femininas, sendo a grande pioneira Coco Chanel.
 
Acessórios e Calçado
A nível de calçado, para o dia-a-dia haviam os Oxford Shoes e para a noite os Mary Janes, visto que nesta época dos Loucos Aos 20, o charleston era a dança que predominava no divertimento de várias mulheres, "pedindo" uns sapatos de salto baixo e confortável, como o caso dos Mary Janes.
 
Os acessórios também sofreram alterações, passando a ter novas formas. A nível de joalharia os brincos e colares compridos (normalmente em pérola), assim como alfinetes de peito, ganharam lugar nos guarda-jóias femininos.
As malas eram de asa curta para o dia-a-dia e para a noite as clutches reinavam.  Quanto a acessórios de cabelo, o chapéu ganha lugar, onde se destaca o cloche.
 
Cabelo
O cabelo la garçonne era um autêntico must nesta época. Caracterizava-se por o corte curto (pouco abaixo das orelhas) e com ou sem franja, dependendo de mulher para mulher.
Apesar do cabelo a la garçonne ser um must, os cabelos ondulados também eram a febre de muitas, havendo duas formas de o ondular: o ferro quente e uma escova ou então pegavam em pequenos rolinhos feitos de papel de aluminio, molhando em chá e depois em açúcar, para poder fixar-se ao cabelo.
 
 
Maquilhagem
A maquilhagem queria-se bem carregada. Os lábios em tons de carmim, delineando os lábios em forma de coração. Os olhos bem marcados e com as sobrancelhas depiladas, sendo também delineadas com lápis. A cara branca (excesso de pó-de-arroz).
 
Curiosidade...
O verniz para as unhas surgiu nesta época também. A indústria automóvel ia crescendo, surgindo assim os primeiros vernizes para carros. E com base nesse verniz de carros, o verniz para as unhas surgiu graças a Michelle Menard. As unhas eram pintadas a meio, ficando a ponta e a meia lua das unhas nuas.
Várias estrelas de Hollywood usaram vernizes bem chamativos, como o caso do vermelho, mal esta invenção foi posta no mercado.
 

Review: Verniz Oriflame da Gama Very Me - Peach

 

Como tinha indicado aqui, um dos produtos que me foi enviado para teste foi este verniz da Oriflame da gama Very Me na cor Peach. Ele é um vermelho cereja, não muito escuro e nem muito claro, sendo adequado para as mais jovens.
O design da embalagem é espectacular, tem aquela ondulação em branco na embalagem toda. O píncel é curtinho mas serve perfeitamente para aplicar o verniz e dá muito jeito.
Quanto à duração, este verniz com 2 camadas durou-me cerca de 2 dias sem as unhas lascarem. No 3º dia as unhas começaram-me a lascar mas foi nas pontas, nada assim de muito relevante.
Eu fiquei fã! Com certeza que na próxima estação irei dar bastante uso :)
 
*Produto Oriflame gentilmente oferecido por Escritório Online Oriflame e por Sou Doida por Cosméticos Blog Oriflame
*Se quiseres comprar produtos Oriflame ou saber mais sobre este produto vai a http://viciadanoscosmeticos.blogspot.com/ e fala com a Margarida :)

Declara guerra à celulite

Muitas mulheres sentem-se constrangidas quando usam saias/calções mais curtos ou quando vestem roupa de banho e não sabem como terminar com este flagelo. É muito importante a mulher sentir-se bem consigo mesma. Não importa se tens celulite ou não, tem confiança em ti acima de tudo!

Porém, se quiseres ver-te livre deste inimigo tão comum de nós mulheres, acompanha este post.

 

O que é celulite e como é causada?

A celulite (ou casca de laranja) é causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto também de alterações na micro circulação e consequentemente do tecido fibroso, causando a ondulação ou a famosa casca de laranja nas regiões como as coxas, glúteos, abdómen, nuca e braços. A celulite também se refere a infecção bacteriana do subcutâneo.

 

 

A celulite pode surgir devido a:

  • Alimentação desequilibrada
  • Factores hormonais
  • Hereditariedade
  • Má circulação do sangue
  • Vida sedentária

Como combater a celulite

Para combater a celulite deves de ter uma boa alimentação (equilibrada e saudável), beber muita água e ter um treino específico.

Claro que existem outros tratamentos disponíveis, no caso das massagens de drenagem linfática, tratamentos com algas, lipoaspiração, radiofrequência e ultra-sons.

 

Cremes específicos para combater a celulite também serão necessários. Irá ajudar-te a diminuir visivelmente a celulite. Para melhorar a eficácia deste tipo de cremes, deves apostar também em esfoliantes preparatórios específicos anticelulite, para que o creme anticelulite seja mais eficaz.

 

Looks por menos de 150€ (#4)

 

1- H&M, 9,95€ | 2- H&M, 39,95€ | 3- Mango, 12,95€ (saldos) | 4- Westrags, 21,99€ (saldos) | 5- Westrags, 17,99€ (saldos) | 6- Parfois, 5,99€ | 7- Parfois, 9,99€ | 8- Parfois, 2,99€ (saldos)

 

1- Pull and Bear, 19,99€ | 2- Mango, 11,95€ | 3- H&M, 49,95€ | 4- Forever 21, 21,75€ | 5- Pimkie, 22,99€ | 6- Parfois, 3,99€ | 7- Parfois, 6,99€ (saldos)

Lista de links

Andei a fazer um refresh na lista de links e como recebo vários pedidos de divulgação, a todas as bloggers que desejam ver o blog na minha lista de links, basta comentarem este post com o Nome do Blog + URL do mesmo.

 

Pág. 1/8